| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

DIÓGENES
Desde: 15/07/2005      Publicadas: 655      Atualização: 10/01/2016

Capa |  CULTURA  |  HISTÓRIA  |  OPINIÃO  |  TOQUES


 OPINIÃO

  10/01/2016
  0 comentário(s)


A RÚSSIA EM XEQUE

No entanto, na sua ânsia de se mostrar amiga, muito amiga dos demais países capitalistas, desejando somente algumas fatias do bolo mundial (em troca, a Síria?) a Rússia corre o perigo de se tornar suspeita de fazer um jogo duplo. Aliás, jogo duplo faz parte do treinamento de espiões e Vladimir Putin foi coronel da KGB soviética.

Logo após a instalação dos mísseis defensivos S-400, que, segundo os russos, cobrem todo o território da Síria, aviões de Israel invadiram o espaço aéreo sírio e tranquilamente bombardearam um prédio onde havia uma reunião do Hezbollah, na capital Damasco, matando o líder libanês Samir Kantar. Ficaram duas perguntas, ainda não respondidas seriamente: 1. Qual o serviço de inteligência que indicou que Samir Kantar estaria naquele prédio exatamente na hora do bombardeio - o Mossad israelense ou o FSB russo? 2. Por que os S-400 russos não protegeram o espaço aéreo sírio?

O ano novo começou com 47 decapitações na Arábia Saudita. Todos os assassinados eram xiitas, incluindo um dos principais líderes religiosos " o iraniano Nimr al-Nimr. O objetivo, que foi alcançado, é óbvio: provocar a ira dos xiitas, e principalmente dos iranianos, com a clara possibilidade de fomentar uma guerra contra o Irã, aumentar o ódio ancestral entre sunitas e xiitas, dividir ainda mais o Oriente Médio, enfraquecer os governos da Síria e do Iraque e evitar a derrota completa dos exércitos terroristas.

É uma espécie de "Plano B" (ou C, ou D...), visando proteger e incentivar as ações terroristas contra Síria e Iraque e colocar os países vassalos da Arábia Saudita e dos Estados Unidos contra o Irã, tendo em vista destruir o país persa.

Ao mesmo tempo, coloca a Rússia em xeque, quase um xeque-mate. Ou defende o aliado Irã ou retira a força aérea da Síria para se escudar novamente entre suas fronteiras cercadas pela OTAN. O caminho do meio é tentar a via diplomática, buscando apaziguar os ânimos entre Irã e Arábia Saudita, o que pode dar em nada " a guerra está a caminho e a Arábia Saudita não a estaria provocando se não tivesse a certeza do apoio dos Estados Unidos, Israel e demais aliados.

Há indícios de que a Rússia está prestes a declarar que a sua missão na Síria terminou " com muito sucesso, graças a Deus e a Putin " e que chegou a hora de repatriar os seus heróicos guerreiros, antes que mais um avião ou helicóptero seja derrubado. Realmente, foi um grande sucesso: a indústria bélica russa está vendendo mais do que nunca. O objetivo foi alcançado e os líderes russos devem estar pensando em uma retirada estratégica, deixando que o exército sírio e seus verdadeiros aliados " o Hezbollah libanês e as milícias iranianas " terminem o serviço.

Em nenhum momento a Rússia pensou realmente em intervir de fato na guerra contra os exércitos terroristas que pretendem destruir a Síria. Caso contrário, teria enviado o seu próprio exército e a guerra já teria acabado há muito tempo. O que a Rússia tem feito na Síria " além de bombardear rotineiramente os terroristas " é entabular negociações e acordos com as demais partes envolvidas no conflito, como Turquia, Jordânia, Israel e a própria Arábia Saudita. Não por acaso Vladimir Putin disse que tinha sido atraiçoado pela Turquia " "uma facada pelas costas" - quando o governo de Erdogan, respaldado pela OTAN, derrubou um avião caça russo. Somente somos atraiçoados por amigos. E até aquele momento a Rússia acreditava que a Turquia poderia ser um país parceiro.

A Rússia busca aliados desde que começaram as sanções dos países da União Européia e dos Estados Unidos e Canadá devido à reintegração da Criméia ao território russo. Aproximou-se da China e da Índia, duas potências nucleares, mas China e Índia também são próximas dos Estados Unidos e da OTAN, mesmo que a China tenha algumas divergências com os Estados Unidos e Japão, principalmente no que se refere à demarcação de fronteiras marítimas. Nada que provoque uma guerra: seria ingenuidade. A China cresce economicamente e quer expandir-se na América Latina e na África, como todo país imperialista. Para isso precisa do apoio do império liderado pelos Estados Unidos, ainda que não renegue algumas alianças estratégicas com a Rússia. Uma questão de diplomacia.

Sabedor disso, o governo russo foi buscar novas alianças no Oriente Médio. A título de defender o governo sírio, ameaçado pelos exércitos mercenários patrocinados pelos Estados Unidos e comparsas, enviou as suas Forças Aeroespaciais para bombardear os inimigos e, de quebra, para mostrar a sua força, mandou 20 mísseis de cruzeiro na cabeça dos militantes do Estado Islâmico. Também ajudou a rearmar o exército sírio, que estava tecnicamente derrotado, e aceitou o apoio de milícias do Hezbollah e do Irã.

Ao mesmo tempo, e graças à atividade incessante do chanceler Sergei Lavrov, o governo russo conversa amigavelmente com os governos da Jordânia, de Israel, da Turquia e da Arábia Saudita; deseja que aqueles governos parem de treinar e financiar os exércitos de mercenários terroristas. Em troca, quem sabe a Síria de presente, devidamente repartida entre os interessados, com todos os seus imensos recursos minerais, após um período de transição que incluiria a necessária queda do governo de Assad? Melhor ainda: após Assad, um governo amigo, muito amigo e venial, na Síria, estilo Macri na Argentina, pronto a entregar para as multinacionais o petróleo sírio.

O incansável Lavrov reúne-se seguidamente com John Kerry, secretário de Estado dos Estados Unidos para, juntos, encontrarem a equação que possibilitará mudanças no governo sírio. Isso é essencial para que os dois países " Estados Unidos e Rússia " possam fortalecer a sua amizade, participar de exercícios militares conjuntos, festas, declarações sobre a paz mundial... Provavelmente, se tudo der certo, Putin será convidado para o Clube Bilderberg. No mínimo, para o Clube de Roma e outras maçonarias. Nas conversas com Lavrov, Kerry e Obama marcaram a data para a saída de Assad: março de 2017, no máximo maio.

Afinal, com seus bombardeios, a Rússia está fazendo o trabalho pesado, ajudando a limpar a Síria do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, exércitos de mercenários que já não servem aos objetivos finais do império, tornaram-se demasiado sectários e fugiram ao controle dos seus criadores. Os outros exércitos mercenários, como o Exército Livre da Síria, poderão ser usados politicamente num futuro não muito distante.

No entanto, na sua ânsia de se mostrar amiga, muito amiga dos demais países capitalistas, desejando somente algumas fatias do bolo mundial (em troca, a Síria?) a Rússia corre o perigo de se tornar suspeita de fazer um jogo duplo. Aliás, jogo duplo faz parte do treinamento de espiões e Vladimir Putin foi coronel da KGB soviética.

Logo após a instalação dos mísseis defensivos S-400, que, segundo os russos, cobrem todo o território da Síria, aviões de Israel invadiram o espaço aéreo sírio e tranquilamente bombardearam um prédio onde havia uma reunião do Hezbollah, na capital Damasco, matando o líder libanês Samir Kantar. Ficaram duas perguntas, ainda não respondidas seriamente: 1. Qual o serviço de inteligência que indicou que Samir Kantar estaria naquele prédio exatamente na hora do bombardeio - o Mossad israelense ou o FSB russo? 2. Por que os S-400 russos não protegeram o espaço aéreo sírio?

Outras questões se colocam. Somente após a derrubada do Su-24 russo por aviões provindos da Turquia é que a Rússia "descobriu" que a Turquia não só treina mercenários como recebe o petróleo roubado da Síria pelo Estado Islâmico. Para demonstrar a sua indignação, a Rússia enviou alguns aviões Tupolev para bombardear a rota do tráfico de petróleo que leva à Turquia. Por alguns dias. Depois, os Tupolev voltaram para a Rússia. São aviões muito bonitos e caros e não devem ficar expostos em campo de batalha sem grande necessidade. O tráfico de petróleo roubado não acabou e não se sabe se a Rússia faz como a força aérea norte-americana, que lança folhetos avisando que vai bombardear determinado local dentro de 45 minutos, pedindo aos terroristas que se protejam.

Aliado ou não, o Irã já não confia na Rússia, ou confia desconfiando. Desde 2007 que a venda de cinco divisões de antimísseis S-300 foi acordada e foi necessária uma ação do Irá contra a Rússia, na Corte Internacional de Arbitragem, para que a Rússia anunciasse, em novembro de 2014, que começaria a entregar os 40 lançadores ao Irã, sob protestos do governo de Israel, que deseja bombardear o Irã facilmente. O governo russo é muito amigo do governo de Israel. Em 2015, Vladimir Putin chegou a enviar de presente para Benjamin Netanyahu uma foto de Ben Gurion. Se e quando os S-300 começarem a chegar ao país persa, convém que o governo do Irã faça alguns testes com os lançadores para ter a certeza de que estão funcionando bem.

A Rússia é um país capitalista, ou seja, um país sem outra ideologia que não seja o lucro. Mesmo que pareça, por vezes, que a antiga União Soviética voltou, não se deve cair nessa armadilha midiatizada. Neste momento, o governo russo está tentando achar maneiras de sair da armadilha que o coloca em xeque " apesar da indubitável habilidade de Vladimir Putin. Se houver uma guerra entre Arábia Saudita e Irã, como se comportará a Rússia?
  Web site: fausto-diogenes.blogspot.com.br  Autor:   Fausto Brignol


  Mais notícias da seção Geral no caderno OPINIÃO
20/10/2015 - Geral - FRANCISCO, O MIDIÁTICO APÓSTATA
- Oração e adoração numa mesquita. O Papa Francisco realizou o que classificou de "adoração silenciosa" numa mesquita de Istambul. Portanto, adorou a Alá. Em 2006, Bento XVI apenas visitou uma mesquita, sem rezar ou "adorar". Foi uma apostasia pública do Papa Francisco.- Para Bergoglio, o Bem e o Mal são relativos: "Cada um de nós tem uma visão do ...
20/10/2015 - Geral - ENTRE TARTUS E INCIRLIK A PAZ OU A GUERRA
"A Rússia resolveu se antecipar, desafiar o império. Preferiu uma estratégia quase oposta a da União Soviética que, assediada pela China por um lado e pelas forças da OTAN pelo outro, optou pelo defensivismo que levou à derrota e desintegração. Ao escolher a Síria como campo de batalha inicial, a Rússia se expõe e confronta o inimigo não declarado,...
19/04/2015 - Geral - A GUERRA TERMONUCLEAR COMO POSSIBILIDADE REAL - The Saker
Já há muito queria entrevistar Paul Craig Roberts. Durante muitos anos acompanhei seus escritos e entrevistas e sempre que o lia esperava ter um dia o privilégio de entrevistá-lo acerca da natureza do estado profundo dos EUA e do Império. Recentemente, enviei-lhe um email e pedi-lhe uma entrevista e, muito gentilmente, ele concordou. Fico-lhe muito...
10/01/2015 - Geral - O ATENTADO AO CHARLIE HEBDO E A ISLAMOFOBIA - Fausto Brignol
"A mesma mídia hipócrita convoca passeatas em protesto contra a "liberdade de expressão" devido ao ataque ao "Charlie Hebdo", jornal que sempre atacou a liberdade religiosa de expressão e atende aos anseios do sionismo internacional. Curiosamente, essa mesma imprensa rotula o "Charlie Hebdo" de jornal de extrema-esquerda, mesmo que ela faça o jogo ...
10/01/2015 - Geral - NÃO SOU CHARLIE - THE SAKER
Por tudo isso, não: definitivamente NÃO SOU Charlie hoje, e estou enojado além do que consigo escrever, ao ver o show obsceno de "solidariedade" tão fajuta quanto "correta", a um grupo de "esquerdinhas-caviar", que ganhavam dinheiro cuspindo e ensinando a cuspir na alma de bilhões de pessoas, e cometeram a temeridade de desafiar aquelas pessoas a r...
17/09/2014 - Geral - MARINA SILVA E A TEORIA DA CONSPIRAÇÃO - Fausto Brignol
"E no dia 13 de agosto morre Eduardo Campos, em provável acidente de aviação. Ele tinha 49 anos e 4+9 = 13. Até agora não se sabe a causa da queda do avião e alguns afirmam que ele estava em chamas no momento da arremetida. A caixa preta foi encontrada, mas, estranhamente, não tinha gravado nada. A Teoria da Conspiração afirma que a morte de Eduard...
17/09/2014 - Geral - AddThis Social Bookmark Button A ALIANÇA ENTRE ISRAEL E O FUNDAMENTALISMO RELIGIOSO ATRASADO E FASCISTA DO BRASIL ESTÁ MAIS FIRME QUE NUNCA!
"A Igreja Universal do Reino de Deus sempre gostou dos mármores, dos dourados, da grandiosidade do espetáculo. Quando plantou sua imensa catedral no depauperado bairro de Santo Amaro, distrito destroçado pela recessão e desindustrialização dos anos 1990, assentou um modelo monumental, rico, suntuoso e ostentatório de arquitetura e decoração religio...
09/04/2014 - Geral - PARA QUE PRECISAMOS DOS ESTADOS UNIDOS? - Fiódor Lukianov, cientista político
"Os políticos ocidentais compreendem que a Rússia decidiu, pela primeira vez, agir como achou necessário, sem deixar espaço para compromissos com a Europa e os Estados Unidos. O que se passa é que a questão da Ucrânia é de tal modo relevante que Moscou não está para reverências. No Ocidente, se desacostumaram com isso e tentam agora fazer a Rússia ...
09/04/2014 - Geral - PEGA LADRÃO! - Aleksander Medvedovsky
"Notícias não verdadeiras publicadas na mídia ocidental sobre a questão ucraniana, de tanto serem repetidas, tornam-se "verídicas", e transformam-se em "fatos" sobre os quais se forma a opinião " de boa ou má-fé, e inteiramente afastada da realidade ", que a imprensa brasileira passa ao seu público. Assim, os editoriais alarmistas nos grandes jorna...
24/01/2014 - Geral - DE RAMBOUILLET A MONTREUX: O CINISMO DA ONU
A Conferência de Montreux, na Suíça, para tratar da paz na Síria é outra das grandes mentiras da ONU, uma organização que cada vez mais perde a credibilidade, agindo como uma velha e rica prostituta que compra um título de nobreza para adquirir respeitabilidade. A ONU foi criada para defender os interesses dos Estados Unidos e dos países vencedores...
19/01/2014 - Geral - Mandela morreu. Por que ocultar a verdade sobre o apartheid? - Fidel Castro
"As revoluções sociais abalavam os alicerces da velha ordem. Os povoadores do planeta, em 1960, atingiam já os três bilhões de habitantes. Analogamente cresceu o poder das grandes empresas multinacionais, quase todas nas mãos dos Estados Unidos, cuja moeda, apoiada no monopólio do ouro e na indústria intata pela distância dos fronts de batalha, apr...
03/01/2014 - Geral - PRISIONEIROS DE EXCEÇÃO
Agora estão na cadeia e dizem que isso é devido a um julgamento de exceção; consideram-se presos políticos. Na verdade, são políticos presos. Políticos que ajudaram a fundar o PT, que tem como missão principal destruir os movimentos de esquerda no Brasil, aliar-se ao império norte-americano e promover o modelo neoliberal com laivos de assistenciali...
16/07/2013 - Geral - HIPÓCRATES E OS HIPÓCRITAS - Rodolpho Motta Lima
Tudo isso vale ser discutido, mas sem hipocrisia. Se uma comunidade não tem sequer um médico, é melhor que tenha pelo menos um... E que, com ele, venham também os suportes, que, aliás, o Governo admite suprir com o programa proposto. O que não se pode é conviver com a precariedade atual, questionada nas ruas do país. Outra alegação hipócrita tem a...
23/05/2013 - Geral - DE ONDE VEM AS ARMAS QUE DISPARAM NA SÍRIA? - DMITRI BABICH
Resta saber, contudo, como o auxílio prestado aos fanáticos sunitas e aos terroristas, que ostentam o canibalismo perante as câmaras, combina na Europa e nos EUA com as conversas sobre os direitos do homem e a democracia. De notar que tais incongruências se iniciaram ainda no período em que a OTAN apoiava os extremistas islâmicos no Kosovo. O Figar...
10/05/2013 - Geral - DA GEOPOLÍTICA DO PETRÓLEO PARA A DO GÁS - Imad Fawzi Shueibi
A revelação do segredo do gás sírio dá uma idéia da importância do que está realmente em jogo. Quem tenha o controle da Síria poderá controlar o Médio Oriente. E a partir da Síria, portão da Ásia, terá em suas mãos a chave da Rússia e, também, da China, através da "Rota da Seda", assim você poderá dominar o mundo neste século, já que é o século do...
08/05/2013 - Geral - CRISE? QUE CRISE? BOMBARDEIEM A SÍRIA! - Pepe Escobar (de Paris), Asia Times Online
Em seguida, veio o chamado "pacote de dois", adotado semana passada pelo Parlamento Europeu: duas regras, segundo as quais os estados devem submeter suas previsões de orçamento à CE, antes mesmo de submetê-las aos Parlamentos nacionais. Resumo da ópera: as "democracias" européias não têm qualquer poder (poder-zero) para decidir sobre as políticas c...
11/04/2013 - Geral - EUROPA JÁ CONFISCA POUPANÇAS - por Hugo R C Souza
Desta forma, os "ajustes" fiscais, arrochos salariais, supressão de direitos trabalhistas do dia para a noite, privatizações levadas a cabo às pressas, enfim, toda a gama de medidas antipovo e pró-capital levadas às últimas consequências têm sido implementadas no seio da Europa afundada na chamada "crise da dívida pública", não obstante a altiva e ...
11/04/2013 - Geral - OBAMA QUER DESTRUIR A CORÉIA DO NORTE - Gregory Elich
Curiosamente, no mesmo dia em que a Coreia do Norte lançou o seu satélite para o espaço, a Índia, outra potência nuclear, testou o disparo de um míssil balístico sem que responsáveis americanos expressassem uma queixa. [7] Os Estados Unidos não estão faltos de engenheiros aeroespaciais e responsáveis dos EUA certamente estavam consciente de que o l...
18/07/2012 - Geral - OS MENSALÕES
Acostumamo-nos com a mentira e com a corrupção e delas rimos, porque as lágrimas já secaram, devido à inevitável raiva que ruboriza os mais crédulos e crentes nos carinhos do Estado. Estamos cada vez mais acostumados com o "dar em nada" das CPIs, com os julgamentos vazios de corruptos que se tornam famosos pela sua qualidade de corromper a todos " ...
02/11/2011 - Geral - ACAMPA SAMPA/OCUPA SAMPA - Marcio Moretto Ribeiro
"Algumas vezes somos confundidos com movimentos direitistas contra a corrupção. Evidentemente que somos contra corrupção, mas esse tema nem surge em nossos manifestos ou meios de divulgação. Quando gritamos "Não nos representam!" não é que um ou outro político não nos representa, mas que o sistema político não é capaz de nos representar. Soma-se a ...
11/08/2011 - Geral - A LIMPEZA DE DILMA E O QUE SE ESCONDE SOB O TAPETE - Elaine Tavares
"Passado um semestre do governo da nova presidenta, seguimos vendo a mídia fazer seu papel "neutral". Diante da crise de corrupção generalizada dentro do governo, lá estão os âncoras das grandes redes a louvar a capacidade de "faxina" de Dilma Roussef. A mulher não tem medo de assumir seu posto de mando e está conseguindo garantir a ética e a retid...
30/03/2011 - Geral - DEVERIAM SER PRESOS
"O que significa um manifesto como este, justamente quando o povo começa a acreditar que vive em uma democracia? Que as Forças Armadas prosseguem no seu processo de elitização; que o governo é apenas um apêndice, uma excrescência a ser tolerada, desde que se comporte bem e continue obedecendo as suas ordens; que os militares nada temem e que poderã...
20/02/2011 - Geral - POLÍTICA DE DESVALORIZAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO
Em 2007, Lula e as Centrais Sindicais (CUT, Força Sindical, UGT, CGT etc.) fecharam um acordo para o reajuste do salário mínimo para aquele ano e os posteriores. O acordo prevê que o reajuste anual do salário mínimo a partir daquele momento seria a soma do índice da inflação do ano anterior mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) dos dois an...
27/11/2010 - Geral - TRÁFICO É PRETEXTO PARA INTERVENÇÃO MILITAR
É com esse argumento que a polícia sistematicamente provoca inúmeros massacres nas favelas, realizando "operações" nas quais o alvo é qualquer um que esteja no caminho e que frequentemente acabam com uma enorme quantidade de mortos entre os trabalhadores que vivem ali. Até porque não há a intenção de acabar com o tráfico, mas apenas de controlar os...
26/11/2010 - Geral - DESRATIZAÇÃO NO RIO DE JANEIRO
"É claro que a preocupação das autoridades não é com o vício. Este é um país de viciados. Os que não fumam, bebem; os que não bebem, cheiram. E há os que fazem tudo isso. Esta não é a questão. Os viciados continuarão fumando, bebendo e cheirando. E se matando a seu bel-prazer. O que está incluso na invasão das favelas do Rio é a disputa por territó...
17/11/2010 - Geral - GUERRA CAMBIAL EXPÕE MAIS UM CAPÍTULO DA CRISE ECONÔMICA - Diego Cruz
"Isso acontece porque o Brasil virou rota preferencial dos especuladores internacionais, atraídos por uma das maiores taxas de juros do mundo. O especulador toma dinheiro emprestado lá fora e investe aqui, com uma rentabilidade de 100% ao ano sem ao menos se mexer. Depois da África do Sul e da Austrália, o Brasil é o país preferido pelos especulado...
16/11/2010 - Geral - COBAIAS E RATOS - Raul Fitipaldi
"De fato, os veículos de incomunicação aliados à Sociedade Interamericana de Imprensa não repercutiram as ações criminosas dos EUA, nem a dos anos 50 nem a atual. Para as oligarquias detentoras dos monopólios de comunicação e somos apenas mão de obra barata e consumidores, no melhor dos casos. Se não atingimos esse patamar, é razoável que o "venerá...
11/11/2010 - Geral - SOBRE A MORTE DE NÉSTOR KIRCHNER
"A repentina morte de Néstor Kirchner provocou uma ampla demonstração de dor por parte de setores operários e populares que identificam o ex-presidente com a redução do desemprego e com uma série de medidas como os novos julgamentos ou a abolição das leis de perdão aos militares genocidas, a re-nacionalização da empresa aérea Aerolíneas, da AFJP (f...
05/11/2010 - Geral - A FESTA DOS IGUAIS
"(...)Mas os dois compartilham os mesmo segredos, dormem no mesmo quarto e amam a mesma mulher, que se chama Burguesia. Há uma rivalidade natural, o que é apenas coisa de irmãos. Agora que o PT garantiu a sua continuidade no poder, com a vitória de Dilma e maioria de sua coligação no Congresso, o PSDB está reclamando a sua parte em altos brados. Ob...
05/11/2010 - Geral - OS NORDESTINOS SÃO UMA RAÇA?
"Agora mesmo, a Dilma está prometendo mundos e fundos para o Nordeste. É dando que se recebe; uma mão lava a outra. E ele, o povo pobre e ignorante, acredita. Pensa que emprego e vida melhor cai do Céu por ordem do ou da Presidente. Ou porque o padre Cícero vai ajudar. Acostumaram-se com isso. Com essa atitude passiva, crente, sempre esperando ajud...



Capa |  CULTURA  |  HISTÓRIA  |  OPINIÃO  |  TOQUES
Busca em

  
655 Notícias