| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

DIÓGENES
Desde: 15/07/2005      Publicadas: 655      Atualização: 10/01/2016

Capa |  CULTURA  |  HISTÓRIA  |  OPINIÃO  |  TOQUES


 TOQUES

  02/11/2011
  0 comentário(s)


OCCUPY WALL STREET - Naomi Klein

""Por que eles estão protestando?", perguntam-se os confusos comentaristas da TV. Enquanto isso, o mundo pergunta: "por que vocês demoraram tanto? A gente estava querendo saber quando vocês iam aparecer." E, acima de tudo, o mundo diz: "bem-vindos"."

OCCUPY WALL STREET - Naomi KleinFoi uma honra, para mim, ter sido convidada a falar em Occupy Wall Street na 5ª-feira à noite. Dado que os amplificadores estão (infelizmente) proibidos, e o que eu disser terá de ser repetido por centenas de pessoas, para que outros possam ouvir (o chamado "microfone humano"), o que vou dizer na Liberty Plaza terá de ser bem curto. Sabendo disso, distribuo aqui a versão completa, mais longa, sem cortes, da minha fala.

Occupy Wall Street é a coisa mais importante do mundo hoje [1]

Eu amo vocês.

E eu não digo isso só para que centenas de pessoas gritem de volta "eu também te amo", apesar de que isso é, obviamente, um bônus do microfone humano. Diga aos outros o que você gostaria que eles dissessem a você, só que bem mais alto.

Ontem, um dos oradores na manifestação dos trabalhadores disse: "Nós nos encontramos uns aos outros". Esse sentimento captura a beleza do que está sendo criado aqui. Um espaço aberto (e uma ideia tão grande que não pode ser contida por espaço nenhum) para que todas as pessoas que querem um mundo melhor se encontrem umas às outras. Sentimos muita gratidão.

Se há uma coisa que sei, é que o 1% adora uma crise. Quando as pessoas estão desesperadas e em pânico, e ninguém parece saber o que fazer: eis aí o momento ideal para nos empurrar goela abaixo a lista de políticas pró-corporações: privatizar a educação e a seguridade social, cortar os serviços públicos, livrar-se dos últimos controles sobre o poder corporativo. Com a crise econômica, isso está acontecendo no mundo todo.

Só existe uma coisa que pode bloquear essa tática e, felizmente, é algo bastante grande: os 99%. Esses 99% estão tomando as ruas, de Madison a Madri, para dizer: "Não. Nós não vamos pagar pela sua crise".

Esse slogan começou na Itália em 2008. Ricocheteou para Grécia, França, Irlanda e finalmente chegou a esta milha quadrada onde a crise começou.

"Por que eles estão protestando?", perguntam-se os confusos comentaristas da TV. Enquanto isso, o mundo pergunta: "por que vocês demoraram tanto? A gente estava querendo saber quando vocês iam aparecer." E, acima de tudo, o mundo diz: "bem-vindos".

Muitos já estabeleceram paralelos entre o Ocupar Wall Street e os assim chamados protestos antiglobalização que conquistaram a atenção do mundo em Seattle, em 1999. Foi a última vez que um movimento descentralizado, global e juvenil fez mira direta no poder das corporações. Tenho orgulho de ter sido parte do que chamamos "o movimento dos movimentos".

Mas também há diferenças importantes. Por exemplo, nós escolhemos as cúpulas como alvos: a Organização Mundial do Comércio, o Fundo Monetário Internacional, o G-8. As cúpulas são transitórias por natureza, só duram uma semana. Isso fazia com que nós fôssemos transitórios também. Aparecíamos, éramos manchete no mundo todo, depois desaparecíamos. E na histeria hiper-patriótica e nacionalista que se seguiu aos ataques de 11 de setembro, foi fácil nos varrer completamente, pelo menos na América do Norte.

O Ocupar Wall Street, por outro lado, escolheu um alvo fixo. E vocês não estabeleceram nenhuma data final para sua presença aqui. Isso é sábio. Só quando permanecemos podemos assentar raízes. Isso é fundamental. É um fato da era da informação que muitos movimentos surgem como lindas flores e morrem rapidamente. E isso ocorre porque eles não têm raízes. Não têm planos de longo prazo para se sustentar. Quando vem a tempestade, eles são alagados.

Ser horizontal e democrático é maravilhoso. Mas esses princípios são compatíveis com o trabalho duro de construir e instituições que sejam sólidas o suficiente para aguentar as tempestades que virão. Tenho muita fé que isso acontecerá.

Há outra coisa que este movimento está fazendo certo. Vocês se comprometeram com a não-violência. Vocês se recusaram a entregar à mídia as imagens de vitrines quebradas e brigas de rua que ela, mídia, tão desesperadamente deseja. E essa tremenda disciplina significou, uma e outra vez, que a história foi a brutalidade desgraçada e gratuita da polícia, da qual vimos mais exemplos na noite passada. Enquanto isso, o apoio a este movimento só cresce. Mais sabedoria.

Mas a grande diferença que uma década faz é que, em 1999, encarávamos o capitalismo no cume de um boom econômico alucinado. O desemprego era baixo, as ações subiam. A mídia estava bêbada com o dinheiro fácil. Naquela época, tudo era empreendimento, não fechamento.

Nós apontávamos que a desregulamentação por trás da loucura cobraria um preço. Que ela danificava os padrões laborais. Que ela danificava os padrões ambientais. Que as corporações eram mais fortes que os governos e que isso danificava nossas democracias. Mas, para ser honesta com vocês, enquanto os bons tempos estavam rolando, a luta contra um sistema econômico baseado na ganância era algo difícil de se vender, pelo menos nos países ricos.

Dez anos depois, parece que já não há países ricos. Só há um bando de gente rica. Gente que ficou rica saqueando a riqueza pública e esgotando os recursos naturais ao redor do mundo.

A questão é que hoje todos são capazes de ver que o sistema é profundamente injusto e está cada vez mais fora de controle. A cobiça sem limites detona a economia global. E está detonando o mundo natural também. Estamos sobrepescando nos nossos oceanos, poluindo nossas águas com fraturas hidráulicas e perfuração profunda, adotando as formas mais sujas de energia do planeta, como as areias betuminosas de Alberta.

A atmosfera não dá conta de absorver a quantidade de carbono que lançamos nela, o que cria um aquecimento perigoso. A nova normalidade são os desastres em série: econômicos e ecológicos.

Estes são os fatos da realidade. Eles são tão nítidos, tão óbvios, que é muito mais fácil conectar-se com o público agora do que era em 1999, e daí construir o movimento rapidamente.

Sabemos, ou pelo menos pressentimos, que o mundo está de cabeça para baixo: nós nos comportamos como se o finito - os combustíveis fósseis e o espaço atmosférico que absorve suas emissões - não tivesse fim. E nos comportamos como se existissem limites inamovíveis e estritos para o que é, na realidade, abundante - os recursos financeiros para construir o tipo de sociedade de que precisamos.

A tarefa de nosso tempo é dar a volta nesse parafuso: apresentar o desafio à falsa tese da escassez. Insistir que temos como construir uma sociedade decente, inclusiva - e ao mesmo tempo respeitar os limites do que a Terra consegue aguentar.

A mudança climática significa que temos um prazo para fazer isso. Desta vez nosso movimento não pode se distrair, se dividir, se queimar ou ser levado pelos acontecimentos. Desta vez temos que dar certo. E não estou falando de regular os bancos e taxar os ricos, embora isso seja importante.

Estou falando de mudar os valores que governam nossa sociedade. Essa mudança é difícil de encaixar numa única reivindicação digerível para a mídia, e é difícil descobrir como realizá-la. Mas ela não é menos urgente por ser difícil.

É isso o que vejo acontecendo nesta praça. Na forma em que vocês se alimentam uns aos outros, se aquecem uns aos outros, compartilham informação livremente e fornecem assistência médica, aulas de meditação e treinamento na militância. O meu cartaz favorito aqui é o que diz "eu me importo com você". Numa cultura que treina as pessoas para que evitem o olhar das outras, para dizer "deixe que morram", esse cartaz é uma afirmação profundamente radical.

Algumas ideias finais. Nesta grande luta, eis aqui algumas coisas que não importam.

Nossas roupas.

· Se apertamos as mãos ou fazemos sinais de paz.

· Se podemos encaixar nossos sonhos de um mundo melhor numa manchete da mídia.

E eis aqui algumas coisas que, sim, importam:

· Nossa coragem.
· Nossa bússola moral.
· Como tratamos uns aos outros.

Estamos encarando uma luta contra as forças econômicas e políticas mais poderosas do planeta. Isso é assustador. E na medida em que este movimento crescer, de força em força, ficará mais assustador. Estejam sempre conscientes de que haverá a tentação de adotar alvos menores - como, digamos, a pessoa sentada ao seu lado nesta reunião. Afinal de contas, essa será uma batalha mais fácil de ser vencida.

Não cedam a essa tentação. Não estou dizendo que vocês não devam apontar quando o outro fizer algo errado. Mas, desta vez, vamos nos tratar uns aos outros como pessoas que planejam trabalhar lado a lado durante muitos anos. Porque a tarefa que se apresenta para nós exige nada menos que isso.

Tratemos este momento lindo como a coisa mais importante do mundo. Porque ela é. De verdade, ela é. Mesmo.


Nota da Vila Vudu

[1] Discurso originalmente publicado no The Nation. Tradução para o português do Brasil, de Idelber Alvelar, da Revista Fórum.

http://redecastorphoto.blogspot.com/2011/10/occupy-wall-street-o-movimento-mais.html

http://goo.gl/S960Q /twitter



[A rede castorphoto é uma rede independente tem perto de 41.000 correspondentes no Brasil e no exterior. Estão divididos em 28 operadores/repetidores e 232 distribuidores; não está vinculada a nenhum portal nem a nenhum blog ou sítio. Os operadores recolhem ou recebem material de diversos blogs, sítios, agências, jornais e revistas eletrônicos, articulistas e outras fontes no Brasil e no exterior para distribuição na rede].



  Mais notícias da seção Geral no caderno TOQUES
20/10/2015 - Geral - A ESQUERDA DA DIREITA
"A vassalagem é uma doença que surgiu no Brasil colonial e atravessou os séculos impávida, geração após geração, desafiando vacinas e remédios, conseguiu vencer as briosas revoluções que se lhe opuseram, derrotou valentes e destemidos e enclausurou-se nas salas de redação de rádios, televisões e jornais de quase todo o país, de onde expele os seus ...
29/09/2015 - Geral - O GOLPE ANUNCIADO E A TEORIA DO CAOS
Para maquiar o golpe e justificar a sua impureza usa-se a teoria do caos. Instalou-se em Curitiba uma espécie de Tribunal da Inquisição chefiado por um Grande Inquisidor que usa de todos os meios para amedrontar não só os políticos como qualquer cidadão brasileiro que não lhe agrade muito, utilizando meios que estão previstos em lei, mas clarament...
04/03/2015 - Geral - O MEDO DE DILMA E OS ABUTRES DE PLANTÃO
A continuar assim, em breve veremos Dilma saudando os ataques genocidas de Israel à Faixa de Gaza, atacando o presidente Nicolás Maduro, da Venezuela, apoiando Raul Castro nas suas tentativas de fazer de Cuba um modelo de país capitalista, denunciando as guerrilhas latino-americanas e afastando-se do grupo BRICS, que se transformará em RICS, onde R...
10/01/2015 - Geral - O IRMÃO MAIS MOÇO DE FIDEL CASTRO
"Resta saber o que acontecerá a Cuba, que se diz socialista e está aceitando o capitalismo. Talvez se transforme, a exemplo do Brasil, em mais um satélite dos Estados Unidos e, neste caso, a ALBA (Aliança Bolivariana das Américas), da qual Cuba foi inspiradora nos tempos de Fidel, estará ameaçada. O certo é que não podem coexistir dois sistemas pol...
10/01/2015 - Geral - A QUADRILHA E O ASSASSINATO DE CELSO DANIEL
"E prevaleceu a impunidade, novamente. A dependência subserviente do Judiciário e do Legislativo ao poder Executivo enseja a prática de crimes políticos, remete a Justiça ao banco dos réus da opinião pública e torna a palavra "político" sinônimo de criminoso. Todo o processo do assassinato de Celso Daniel terá de ser refeito a partir da fase de i...
24/01/2014 - Geral - DA REVOLUÇÃO AO ROLEZINHO
"São amantes do rap e do funk, principalmente do Funk Ostentação, que fala de carros (chamados de "naves"), vida de luxo, dinheiro e mulheres, e onde é importante ostentar o "kit" (tênis, bermuda, camisa, anéis e colares, óculos escuros e boné). Adoram letras de música como a do rapper 50 Cent, que possui discos como "Power of the Dollar" (O Poder ...
21/01/2014 - Geral - O frustrado golpe da CIA e o Estado Major - GABRIEL MOLINA FRANCHOSSI
"Segundo Madeleine Duncan Brown, amante de Johnson, em 21 de novembro o vice-presidente assistiu a uma festa privada na casa do magnata petroleiro de Dallas Clint Murchinson, onde Johnson disse uma frase enigmática: "A partir de amanhã esses malditos Kennedy nunca mais serão um problema para mim". (5) O conhecido investigador Carl Oglesby sempre in...
13/01/2014 - Geral - HAITI - QUATRO ANOS APÓS O TERREMOTO E DEZ ANOS DE OCUPAÇÃO MILITAR
A Minustah tem hoje presentes no Haiti mais de 6.200 militares e 2.400 policiais. O Brasil já gastou R$ 2 bilhões com a Missão, e a ONU gasta, anualmente, 500 milhões de dólares. O grosso dessas enormes quantias foram gastos com estrutura militar, e não aplicados na saúde, educação, moradia ou na agricultura haitianas. A missão da ONU no Haiti é ma...
03/01/2014 - Geral - O FRUTO PODRE DA NOSSA POLÍTICA
"Aquele partido que se dizia comunista e revolucionário, formado por pessoas da nova geração que se acreditavam vanguardistas, muito vanguardistas, e que fabricou pacienciosamente o PT que hoje conhecemos teria sido, de fato, um partido de esquerda ou no seu núcleo mais fechado já haveria um plano, desde os anos "80, que uniria internacionalização...
09/05/2013 - Geral - PETRÓLEO PARA AS TRANSNACIONAIS - Adriano Benayon
A ANP promoveu, sob governos petistas, maior número de rodadas que sob os do PSDB. Agora, está chegando à 11ª rodada, na qual, abriu, nos leilões, quantidade enorme de áreas para exploração, como sempre, arbitrariamente e sem controle da sociedade....
08/05/2013 - Geral - BRASIL É O QUARTO PAÍS COM MAIORES TAXAS DE HOMICÍDIO CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES - Antonio Carlos Lacerda
No Brasil, a edição do Mapa da Violência, elaborado pelo sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz e editado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e o Centro Brasileiro de Estudos Latino-americanos (Cebela), traz grave alerta sobre o que chama de "epidemia" da violência no Brasil contra crianças e adolescentes. Em um ranking de 92 pa...
05/05/2013 - Geral - O BRASIL QUE TORTURA - por Pedro Valls Feu Rosa
E eis que chegamos a 2013 diante daquela que é talvez a mais insólita das denúncias: 52 presos desnudos obrigados a sentar sobre cimento quente, expostos ao sol, até que suas nádegas ficassem em carne viva. 52 seres humanos! Ao ar livre! À luz do dia! E dentro de uma região metropolitana!O mais triste é que esta barbárie ficou escondida do mundo da...
05/05/2013 - Geral - JORNAL INGLÊS DIZ QUE NO BRASIL AS RAPOSAS CUIDAM DO GALINHEIRO - Antonio Carlos Lacerda
O jornal britânico Financial Times disse que no Congresso Nacional do Brasil "a raposa está frequentemente cuidando do galinheiro". Entre as supostas "raposas" citadas pelo diário, estão o deputado e pastor evangélico, Marco Feliciano, que preside a Comissão de Direitos Humanos do Congresso e que fez uma série de comentários racistas e homofóbicos,...
05/05/2013 - Geral - AUTORES E DIRETORES OCULTOS DO DRAMA SÍRIO - por Olga Chetverikova
O "triângulo da morte" abrangendo a Turquia, Arábia Saudita e Qatar faz jogos na Síria em estreita coordenação com a CIA. Os papeis chave no concerto são dados a Hamad bin Jassim bin Jaber bin Muhammad Al Thani, o primeiro-ministro e ministro dos Negócios Estrangeiros do Qatar, e ao membro da Casa de Saud Bandar bin Sultan, secretário-geral do cons...
13/04/2013 - Geral - Elias Jabbour: O que quer a Coreia do Norte?
Você sabia que houve uma guerra entre os lados norte e sul da península coreana entre os anos de 1950 e 1953? Você sabia que foi a primeira vez, desde a independência dos EUA (1776) que os norteamericanos assinaram um armistício, ou seja, foram derrotados pela primeira vez em quase 200 anos? Você sabia que desde 1776 os EUA nunca ficaram longe de u...
09/02/2013 - Geral - O POLÍTICO CARNAVAL BAJEENSE
Através do programa diário "Visão Geral", da Rádio Cultura de Bagé, o decreto do cancelamento do Carnaval de 2013 vem sendo bombardeado, inclusive com ataques pessoais ao Prefeito. O que parecia, de início, despeito do antigo radialista citado, tomando como questão pessoal o cancelamento das atividades carnavalescas oficiais, foi encampado por toda...
18/07/2012 - Geral - BRASIGUAIOS DEPUSERAM LUGO?
Os Brasiguaios que dominam o Congresso Paraguaio com o seu poder econômico " assim como no Brasil existe a "Bancada do Agronegócio", que manda no Governo " rejubilam-se. O povo paraguaio continua sem terras. Assim como no Brasil....
03/01/2012 - Geral - RONDÔNIA: A OPERAÇÃO MAGNÍFICO JANUÁRIO - por JOSÉ RIBAMAR BESSA FREIRE
"Quando este texto já havia sido enviado ao Diário do Amazonas para sua publicação, recebemos a noticia de que um grupo de 42 pistoleiros encapuzados e fortemente armados invadiu uma aldeia indígena Kaiowá Guarani, no Estado do Mato Grosso do Sul e matou o cacique Nísio Gomes, de 59 anos, com tiros de armas calibre 12, conforme denúncias do CIMI, c...
10/12/2011 - Geral - SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO VIGIADO - FAUSTO BRIGNOL
"Todos aqueles brinquedos eletrônicos " como computadores e telefones celulares de todos os tipos " que você tem e utiliza diariamente, fazendo com que seja um consumidor nota dez são "cavalos de Tróia", espiões que passam às agências de pelo menos 25 países (o Brasil incluído) os seus pensamentos, gostos, ações, manias e desejos."...
10/12/2011 - Geral - SÓCRATES BRASILEIRO - FAUSTO BRIGNOL
Sócrates não fez mil gols nem foi chamado de rei. Não ganhou nenhuma estátua, nem foi bajulado pela imprensa especializada em futebol, que aceitava, contrariada, a sua inevitável presença. Não foi um jogador fabricado em escolinha para ser transformado em produto de marketing e fazer caras e bocas para os fotógrafos e cinegrafistas. Ele jamais acei...
02/11/2011 - Geral - LULA - PELO SUS NÃO! - Fausto Brignol
" Já imaginaram o Lula esperando numa fila do SUS? -"Com licença, companheiro, posso passar na sua frente? Eu estou com um tumor maligno na laringe." - "Que coincidência, ex-companheiro de lutas vendidas, eu também estou com um câncer na laringe." - "Mas eu sou o Lula, o Cara, fui presidente e vou ser de novo, depois da Dilma, mas primei...
02/11/2011 - Geral - A LUTA INDÍGENA EM SANTA CATARINA - Elaine Tavares
Na cidade de Abelardo Luz, oeste de Santa Catarina, os conflitos de terra são seculares. Mas, no que diz respeito aos Kaigang, foi na década de 50 que o próprio Serviço de Proteção ao Índio (SPI) deu a pá de cal na expulsão dos indígenas da área conhecida como Toldo do Imbu, hoje reivindicada pelos Kaigang. Segundo lembranças de um velho índio que ...
28/05/2011 - Geral - DESABAFO DE UM PROMOTOR - GIOVANI FERRI, Promotor de Justiça de Toledo-PR
"Quem não é da área, fique sabendo que em 60 dias (05/07/2011) a nova lei entra em vigor e a PRISÃO EM FLAGRANTE E PRISÃO PREVENTIVA SOMENTE OCORRERÃO EM CASOS RARÍSSIMOS, aumentando a impunidade no país. Em tese somente vai ficar preso quem cometer HOMICÍDIO QUALIFICADO, ESTUPRO, TRÁFICO DE ENTORPECENTES, LATROCÍNIO, etc.. A nova lei trouxe a exig...
14/03/2011 - Geral - LÍBIA - Fausto Brignol
"O capitalismo não aceita o socialismo, mas não aceita, principalmente, um país socialista que seja, ao mesmo tempo, nacionalista " porque isso faz com que o povo se una em torno de um projeto comum, evitando ao máximo as dissensões internas. E principalmente não aceita o islamismo, que, apesar das eternas divergências entre sunitas e xiitas " orto...
13/01/2011 - Geral - O IMPÉRIO QUER MATAR JULIAN ASSANGE
Há várias maneiras de matar. Em 1953 a CIA distribuiu aos seus agentes um manual de treinamento para assassinar (tornado público em 1997) cheio de conselhos práticos. Um deles: "O acidente mais eficiente, no assassínio simples, é uma queda de 75 pés [23 metros] ou mais sobre uma superfície dura. Poços de elevador, porões de escada, janelas aberta...
11/01/2011 - Geral - STF BRASILEIRO CONTINUA O MESMO E NEGA LIBERDADE A BATTISTI
Como já era de se esperar, o Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu novamente às exigências da extrema direita italiana e negou na última quinta-feira, 6, o pedido de soltura imediata do ex-ativista Cesare Battisti.O pedido de soltura, protocolado na última segunda-feira (3) pela defesa do italiano, se baseou na decisão do ex-presidente Lula, que n...
05/01/2011 - Geral - QUEM OU O QUE É A PIMCO
Pimco, o maior fundo de títulos no mundo que tem sede em Newport Beach, Califórnia, fez da dívida brasileira sua favorita entre os mercados emergentes, principalmente devido à sua confiança em Palocci , 49 anos, que é um deputado federal do Estado de São Paulo e assessor econômico de Dilma Rousseff. Os títulos brasileiros que têm vencimento em 2040...
31/12/2010 - Geral - DESTAQUES DE 2010
O ano de 2010 deixa saudades para alguns e tristezas para outros, como sempre acontece em todos os anos. Tivemos nascimentos, mortes, tragédias, guerras e momentos emocionantes... No Brasil, a eleição de Dilma e a convocação de "Dilmetes" para todos os cargos possíveis " desde segurança até Apontadora Oficial de Lápis Para a Presidente mostrou ...
27/11/2010 - Geral - HAITI - LABORATÓRIO PARA INTERVENÇÃO MILITAR CONTRA O POVO BRASILEIRO
Durante as operações na capital fluminense, feita conjuntamente entre as polícias e as Forças Armadas, destacou-se que 60% dos 800 paraquedistas do Exército destacados para tal fim haviam participado da ocupação militar no Haiti. Desde 2004, o Brasil lidera uma força de ocupação da ONU no país caribenho, atuando na repressão do povo haitiano no lug...
27/11/2010 - Geral - A DITADURA CONTINUA NAS UNIVERSIDADES
Um dos casos mais notórios até este ano foi a perseguição aos estudantes da Unesp no ano de 2005, que culminou na expulsão de sete estudantes do campus da Unesp de Franca, a ameaça de expulsão de mais 15 estudantes do campus de Marília e na ameaça de expulsão de duas militantes da Aliança da Juventude Revolucionária no campus de Araraquara, que cul...



Capa |  CULTURA  |  HISTÓRIA  |  OPINIÃO  |  TOQUES
Busca em

  
655 Notícias